15.3.17

Eu, Sara Winter


Foram muitos traumas, tantos problemas,
a vida não é mesmo um mar de rosas;
em meio a um turbilhão de dilemas
caminhava eu para uma sina tenebrosa.

Moldava para mim uma vil personalidade,
desgarrada dos bons conceitos morais,
entre os transtornos de identidade
ia me destruindo cada vez mais.

Eis que em minha vida apareceram pessoas
prometendo acabar com todo o pessimismo;
todas elas parecendo sempre muito boas,
eis que então eu conheci o feminismo.

Com ele vieram todas as suas vertentes,
movimento negro, movimento sem-terra, movimento gay...
todas as bandeiras que a Esquerda defende,
ideologias deturpadas que um dia tanto amei.

Declarei o homem meu maior inimigo,
e usei meu corpo para expressar esse asco,
trago agora as chagas junto comigo
daquele que foi sem dúvida meu maior carrasco.

Não era o homem, não era a humanidade,
eu mesma era meu maior algoz;
vítima da minha própria ingenuidade,
trilhei um caminho de ruínas, atroz.

Uma aparente felicidade chegou a florir,
mas, mas faltava-me algo, faltava-me luz,
e a verdadeira alegria só começou a surgir
quando em minha vida eu aceitei Jesus.

Hoje, arrependida, tento reparar o mal que causei,
tento abrir os olhos de outras pessoas,
falando de minha vida que por pouco não estraguei
e mostrando que a Esquerda não tem nada de boa.

A Esquerda representa tudo aquilo que é imoral,
e o feminismo hoje pregado não almeja igualdade;
todo esse discurso encobre o verdadeiro mal
que eles escondem de toda a sociedade.

Legalização das drogas, legalização do aborto,
ideologia de gênero - nem homem, nem mulher;

defendem tais causas com tanto conforto
e tentam impor o que a sociedade não quer.

Felizmente este mal tem tratamento e cura,
basta questionar sua mente e seu coração,
não existe verdade mais plena e mais pura
que a verdade de Deus e a sua perfeição.




Eu sou Sara Winter, ex-feminista, ex-esquerdista;
ontem fui um instrumento da Esquerda maligna,


hoje sou um instrumento de Deus, da Igreja, da Bíblia,
hoje sou mulher verdadeira, feliz, realizada e digna.



Renato Oliveira              14 de março de 2017






Existem coisas que somente a graça de Deus pode fazer em nossas vidas.
Já fazem alguns anos que ouvi pela primeira vez o nome de Sara Winter.
Ela escandalizou boa parte da sociedade principalmente no período em que atuou no grupo feminista de origem ucraniana Femen, do qual foi fundadora aqui no Brasil.
Com o corpo nu, apenas encoberto por frases (feministas) de efeito, Sara Winter bradava contra o patriarcado em seus protestos.
Eu, que tanto já havia defendido as causas esquerdistas, que também já havia convivido com tantas feministas, já havia me libertado deste grande mal no período em que Sara Winter chocava parte da sociedade com seus protestos.
Ou seja, fui um de seus críticos.
Mas, como já afirmei no início do texto, existem coisas que somente a graça de Deus pode fazer em nossas vidas.
Sara Winter demorou muito menos tempo que eu para se dar conta do terrível mal que estava fazendo a si mesma, às pessoas à sua volta, à sua alma. A sedução esquerdista sempre impõe um preço muito alto, com custo muito amargo. Sara Winter sabe muito, muito bem disso. E sabe o quanto esta sedução é aliciadora, dogmática e perniciosa.
Só mesmo as pessoas que vivenciaram e viveram o esquerdismo em sua essência (a essência do Mal) e conseguiram se libertar, conseguem compreender o quanto esse movimento pode ser destrutivo na vida do ser humano. Nenhum movimento político ou cultural pode ser pior do que aquele que afasta Deus da sua vida.
Felizmente hoje Sara Winter está livre! Pediu perdão a Deus, pediu perdão aos cristãos e tem se empenhado em combater as causas que antes defendia.
Recentemente tive oportunidade de conversar um pouco com ela pelas redes sociais (fiquei surpreso ao saber que ela também já havia visto a minha imagem por aí).
Que pessoa encantadora, que mulher admirável Sara Winter se tornou.
Sua história é um exemplo para todos nós que trilhamos o caminho de Deus.
Longa vida a Sara Winter!
Que Deus a abençoe, ilumine e proteja!
Que Deus continue dando forças para prosseguir em sua luta.










https://www.sarawinter.com.br/



Nenhum comentário:

Postar um comentário