27.11.16

Palmeiras: ENEA CAMPEÃO BRASILEIRO



22 anos se passaram desde aquele inesquecível 1994...
Vários outros títulos vieram e enquanto o Verdão amargava o jejum de títulos do Campeonato Brasileiro, os rivais alimentavam a esperança de ultrapassar o alviverde em número de conquistas nacionais. Não deu. 
O Palmeiras ficou exatos 22 anos sem conquistar o Brasileirão e mesmo assim nenhum clube conseguiu ultrapassá-lo. Agora a Sociedade Esportiva Palmeiras tem 9 CAMPEONATOS BRASILEIROS. Deixamos para trás o único time que, muito graças ao Rei Pelé, estava empatado em títulos do Campeonato Brasileiro - mas, não em conquistas nacionais, pois, ao conquistar a Copa do Brasil do ano passado (2015), o Verdão já havia se isolado na liderança dos títulos nacionais, que agora somam 13: 9 Brasileirões, 3 Copas do Brasil e 1 Copa dos Campeões.
E pensar que esse título poderia ter vindo há várias rodadas atrás, não fossem os graves erros de arbitragem em lances capitais nas 8 das primeiras 11 rodadas iniciais.
Mas, o Verdão fez por merecer. Lutou literalmente contra tudo e contra todos (o que é normal no Palmeiras): os rivais em campo, os erros de arbitragens e a campanha da mídia que nunca esconde suas preferências no futebol. 
Deixamos para trás o tal 'cheirinho', deixamos para trás as críticas ao incontestável bom futebol apresentado pelo Verdão em todo o campeonato, deixamos para trás os muitos críticos e invejosos que ao longo do ano fizeram de tudo para tentar desestabilizar a equipe e desmerecer o ótimo trabalho de todo o conjunto: presidência, comissão técnica, jogadores (sem falar nos funcionários e guerreiros que ficam no anonimato). 
E o que dizer da torcida? Não existe torcida mais apaixonada no futebol brasileiro, não mesmo! Nos bons e maus momentos, a torcida do Verdão sempre fez a diferença, nunca deixou de apoiar. 

Ainda sobre o Brasileirão 2016, lembro-me que ao perder o Campeonato Paulista para o Santos este ano, exatamente no dia 9 de maio, um santista, naturalmente muito empolgado pela conquista estadual, cravou que o Verdão passaria 'apuros' e que não conquistaria absolutamente nada este ano. 
Veja só, o mesmo santista que há pouco tempo acabara de perder para o Palmeiras a Copa do Brasil (depois de até terem lançado os posteres de Campeão!) no ano anterior, estava subestimando o alviverde que até nos tempos de Pelé era a maior pedra no sapato do time praiano. 
Ah, se ele entendesse de futebol!  Eu poderia ter aceitado a aposta (sim, ele teve a coragem de propor uma aposta), mas, como nunca fui de apostar em futebol, preferi lembrá-lo que ele havia dito a mesma coisa antes da decisão da Copa do Brasil (além de chamá-lo de 'profeta').
O futebol é mesmo uma caixinha de surpresas. Que ironia. O Santos mais uma vez é vice do Palmeiras.
E olha que no dia anterior ao jogo que garantiu o Eneacampeonato, o Verdão já havia dado uma grande demonstração de que jamais deve ser subestimado. 

Dia 26 de novembro, na decisão do Campeonato Paulista Sub-15, os jogadores do Santos (sim, do Santos!) resolveram repetir o mesmo erro de um tal de Viola em 1993: depois de saírem perdendo por 1x0 e conseguirem uma grande virada (3x1), decidiram comemorar o gol imitando um porco. Provavelmente já se imaginavam campeões. Mas, o primeiro jogo, na Vila Belmiro, havia terminado em 2x2, ou seja, o empate daria o título ao Palmeiras. E foi o que aconteceu! Os garotos do Sub-15 jogaram como veteranos campeões e calaram o Santos mais uma vez. Buscaram o empate e foram campeões. Que fique o recado mais uma vez: JAMAIS SUBESTIME A SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS!
Nas categorias de base o Verdão encerrou a temporada dos estaduais com um recorde: três títulos em cinco categorias disputadas, pois antes do Sub-15 já havia conquistado os Paulistas Sub-11 e Sub-13.

O ano só não foi perfeito por conta do acidente com o avião da Chapecoense, mas, em matéria de futebol este foi certamente o campeonato mais emocionante desde a época em que o sistema de pontos corridos foi adotado. O mais acirrado até então. Um campeonato em que apesar de ter liderado quase que de ponta a ponta (29 das 38 rodadas), o Verdão sempre foi seguido de perto por equipes como Santos, Flamengo e Atlético Mineiro, por exemplo.     O campeonato que ficou conhecido como o "Campeonato do Siga o líder"


NÚMEROS DA CAMPANHA:
- Melhor ataque: 62 gols
- Melhor defesa: 32 gols sofridos (junto do Atlético-PR)
- Maior saldo de gols: 30
- Melhor visitante: 34 pontos (59,64%)
- Terceiro melhor mandante: 46 pontos (2 atrás do Atlético-PR e 1 atrás do Santos)
- Melhor returno em edições com 20 clubes: 44 pontos em 57 possíveis
- Maior número de vitórias em edições com 20 times: 24 (junto de Cruzeiro2014 e Corinthians-2015)

- Único time sem ter jogador expulso na era dos pontos corridos






Parabéns Paulo Nobre (sem dúvida, um dos melhores presidentes que o clube já teve), parabéns ao técnico Cuca e toda comissão, parabéns a todos os jogadores e a todos que contribuíram para mais essa conquista. Parabéns a essa maravilhosa torcida!




CAMPANHA COMPLETA:

PRIMEIRO TURNO
Palmeiras 4 x 0 Atlético Paranaense
Ponte Preta 2 x 1 Palmeiras
Palmeiras 2 x 0 Fluminense
São Paulo 1 x 0 Palmeiras
Palmeiras 4 x 3 Grêmio
Flamengo 1 x 2 Palmeiras
Palmeiras 1 x 0 Corinthians
Coritiba 2 x 2 Palmeiras
Palmeiras 3 x 1 Santa Cruz
Palmeiras 2 x 0 América-MG
Cruzeiro 2 x 1 Palmeiras
Palmeiras 4 x 0 Figueirense
Sport 1 x 3 Palmeiras
Palmeiras 1 x 1 Santos
Internacional-RS 0 x 1 Palmeiras
Palmeiras 0 x 1 Atlético Mineiro
Botafogo 3 x 1 Palmeiras
Chapecoense 1 x 1 Palmeiras
Palmeiras 2 x 1 Vitória-BA

SEGUNDO TURNO
Atlético Paranaense 0 x 1 Palmeiras
Palmeiras 2 x 2 Ponte Preta
Fluminense 0 x 2 Palmeiras
Palmeiras 2 x 1 São Paulo
Grêmio 0 x 0 Palmeiras
Palmeiras 1 x 1 Flamengo
Corinthians 0 x 2 Palmeiras
Palmeiras 2 x 1 Coritiba
Santa Cruz 2 x 3 Palmeiras
América-MG 0 x 2 Palmeiras
Palmeiras 0 x 0 Cruzeiro
Figueirense 1 x 2 Palmeiras
Palmeiras 2 x 1 Sport
Santos 1 x 0 Palmeiras
Palmeiras 1 x 0 Internacional
Atlético Mineiro 1 x 1 Palmeiras
Palmeiras 1 x 0 Botafogo

Palmeiras 1 x 0 Chapecoense
(Jogo que garantiu matematicamente o título. Porém, infelizmente, 
dois dias após o jogo o avião com o time da Chapecoense caiu na Colômbia)

Vitória 1 x 2 Palmeiras
















PARABÉNS
SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS!



Clique AQUI para acessar todas as matérias referentes ao Palmeiras


Baixe o CD Eternamente Palmeiras

DOWNLOAD


Um comentário:

  1. Eu aconselho você alterar a primeira imagem.

    Em 1972 e 1973, chamava-se "Campeonato Nacional de Clubes" e não "Campeonato Brasileiro".

    Em 2016, o nome oficial é "Brasileirão Série A" e não "Campeonato Brasileiro".

    ResponderExcluir