9.9.11

Selvageria Humana



A selvageria do ser humano às vezes espanta,
às vezes ultrapassa a selvageria dos animais;
a mesma mão que acarinha e acalanta
pode ser capaz de fazer coisas brutais.


Uma pessoa que de manhã lhe disse “Bom dia”,
à tarde pode estar praticando o mal,
à noite pode estar causando dor e fobia
e amanhã de manhã lhe parecer normal.


É estranho, no fundo é uma insanidade;
não há lógica, nem argumentos, nem razão;
o homem declara à própria humanidade
lenta e estupidamente a sua extinção!



Renato Curse         18 de março de 2007


Nenhum comentário:

Postar um comentário