5.1.17

Novo passado presente em sua história


Eis o novo!

Olha você cometendo os mesmos erros de novo!
Fazendo de velhas atitudes, atitudes atuais;
mais uma vez procurando cabelo em ovo,
perdido em suas contradições perceptuais.



Morre o passado!

Mas, você atrela-se a ele, desesperado,
não consegue dele se separar;
torna-se um 'contemporâneo ultrapassado';
novas ideias ou descobertas você vai sempre rejeitar.



Eis o passado, eis o presente!

Eis a realidade que você consente:
só o seu orgulho permanece igual;
és o dono da razão e o ser mais inteligente
e só a minoria que te segue é de fato racional.



Eis o futuro, o futuro que te espera!

Uma realidade que aos poucos te degenera,
baseada em erros que você insiste em repetir.
Mas, você no fundo sabe que sua oratória não é sincera
e cedo ou tarde sua ilusão há de sucumbir.



Eis a sua vida e a sua história!


Não existem frutos, nem louros, nem glórias,
só os estragos causados pelas suas bandeiras
e pela defesa das indefensáveis doutrinas ilusórias;
eis a sua vida jogada fora: ruína eterna, derradeira...




Renato Oliveira              04 de janeiro de 2017


Nenhum comentário:

Postar um comentário