9.10.12

Assim como as pessoas da minha idade



Como todas as pessoas da minha idade
eu tinha planos, eu tinha sonhos...
Gozava de toda a minha liberdade,
e ninguém nunca me viu tristonho.

Assim como as pessoas da minha idade,
revezava-me entre euforia e folia,
rebelde eu era sim, porém sem maldade,
espalhava risos, festa e alegria.

Como todos que tinham a minha idade,
esbanjava saúde, beleza e coragem,
vivia a vida com toda intensidade,
o que para alguns era libertinagem.

Como as pessoas da minha idade,
o que eu mais queria era ‘curtição’;
entre as minhas maiores necessidades,
a maior delas era a diversão.

Mas, um dia, alguém também da minha idade,
cruzou meu caminho com uma arma na mão,
eu, sem pensar, reagi à abordagem,
levei um tiro no coração.



Renato Curse         10 de setembro de 2.007

Nenhum comentário:

Postar um comentário