20.10.12

Um mundo de outro jeito



Ainda não me cansei de idealizar um mundo sem guerras, um mundo sem violência, um mundo sem preconceitos, sem ditaduras, sem desigualdade social, sem fome, sem miséria.
Um mundo em que os sonhos pudessem ser realizados.
Um mundo habitado somente por boas pessoas; pessoas de caráter, pessoas que realmente se importassem com outras pessoas.
Um mundo onde todas as crianças fossem plenamente felizes e aprendessem logo cedo a alimentar o bem.
Um mundo onde os jovens fossem mais compreendidos e onde tivessem mais oportunidades; onde tivessem voz ativa.
Um mundo onde todos os seres humanos pudessem envelhecer felizes, sem preocupações, sem privações.
Um mundo onde os animais não sofressem tantos maus tratos; não fossem meras cobaias de usufruto humano.

Sei que provavelmente este mundo é uma utopia e nunca chegará a ser de fato uma realidade.
Mas não podemos nos cansar ou desistir de idealizá-lo, pois só o ser humano é verdadeiramente capaz de transformar e mudar as coisas por aqui, no nosso planeta.
Pequenas atitudes ou pequenas mudanças de atitude podem sim acarretar em grandes mudanças a nível mundial.
Quem sabe ainda não possamos contemplar e viver em um mundo sem guerras, violência, preconceitos, ditaduras, desigualdade social, fome, miséria...

Ainda não me cansei de idealizar um mundo assim.



Renato Curse             15 de setembro de 2.012


Nenhum comentário:

Postar um comentário