24.7.12

O ontem, o hoje e vocês



Ontem alguém representava tudo para você,
Hoje passa na sua frente e finge que não te vê.

Ontem escrevia frases, recitava versos de amor,
Hoje são só lembranças, quase esquecidas, quase sem valor.

Ontem riam abraçados contemplando o brilho da lua,
Hoje muda de calçada se te encontrar por aí, na rua.

Ontem tudo que você gostava, essa pessoa gostava também,
Hoje só há indiferença emitida nos olhos desse alguém.

Ontem eram tantos sonhos, eram tantos planos,
Hoje não passam de erros, não passam de enganos.

Ontem essas duas vidas eram uma só vida,
Hoje tenta fazer dela uma história esquecida.

Ontem o mundo dos dois era um conto de fadas,
Hoje tudo aquilo que foi não representa mais nada.

Ontem os gestos exprimiam ternura, amor e paixão,
Hoje só ficou a mágoa e uma triste desilusão.

Ontem a fofoca, de repente, virou uma grande verdade,
Hoje o orgulho impede até mesmo a amizade.

Ontem os boatos vieram e arruinaram, destruíram tudo,
Hoje vocês dois percebem que aquilo tudo foi um absurdo.

Ontem algumas pessoas planejaram separar vocês,
Hoje elas se deleitam ao vê-los assim, a sofrer.

Ontem vocês tinham tudo, tudo numa bela história,
Hoje o amor parece uma coisa ilusória.

Ontem o amor brotava em excesso, em riqueza,
Hoje o olhar de ambos denota só tristeza.

Ontem o Hoje era o dia mais feliz do mundo,
Hoje o ontem é sinônimo de desalento profundo.


Renato Curse            23 de fevereiro de 2.012




Nenhum comentário:

Postar um comentário